sábado, 28 de junho de 2008

"Se lembra quando a gente chegou um dia a acreditar, que tudo era pra sempre, sem saber que o pra sempre sempre acaba"...


Resolvi dar esse título hoje, pois era a música que estava tocando.
Muita gente que lê meu Blog deve achar que tudo é fácil, que estou tirando de letra.
Me esforço muito, mas não é bem assim, tem dias que vc cai na real e a tristeza é inevitável, por isso fico um tempo sem escrever, desculpem.
O que queria era estar sempre animada, mas não dá. Tem dias que até quem não tem a doença fica meio mal, imagina quando vc passa por tudo isso.
São momentos de muita reflexão e poucas palavras, não consigo conversar muito nesses dias, porque caio no choro.

Como diz o Chico Buarque :

"Tem dias que a gente se sente
Como quem partiu ou morreu
A gente estancou de repente
Ou foi o mundo então que cresceu
A gente quer ter voz ativa
No nosso destino mandar
Mas eis que chega a roda-viva
E carrega o destino pra lá"

Um abraço,

Thaís

Um comentário:

Raquel disse...

Oi, Querida Prima Thais...
Temos a nossa história, né?...Primas, irmãs, amigas, companheiras... Eu, sempre, longe ou perto, junto do seu coração.
Momentos em que “o cara lá de cima”, nos coloca obstáculos pra gente perceber o quanto somos fortes e que, podemos sim, passar por eles de cabeça erguida!
Acredito que o bem, os bons sentimentos, as boas coisas da vida, estas nunca acabam...
"O bem" sempre prevalece para aqueles que têm o coração bom, assim como vc.
Estou aqui, sabendo de tudo! De todos os seus passos... Estou e estarei sempre...
"Junto, junto e nunca junto separado."
Amo vc, beijos
Raquel